Como usar móveis residenciais na decoração comercial

Como usar móveis residenciais na decoração comercial – A utilização de móveis residenciais na decoração comercial não é nenhuma novidade. Porém, quando a colocação deste tipo de mobiliário não é feito de forma estratégica e bem pensada, pode acarretar perdas para a marca, inclusive afastando clientes.

 

A arquiteta Marina Debasa, sócia do escritório Arquitetude e especialista em projetos de arquitetura comercial, explica que a escolha de móveis residenciais a serem utilizados em comércios precisa ser muito bem pensada, de modo que adicione algo interessante à loja, não a descaracterizando.

 “É importante que o móvel esteja em ótimo estado e seja de fácil conservação”.

 

Apresentar móveis que não estejam bem conservados pode passar uma péssima impressão aos clientes, dando a entender que os responsáveis pela loja não estão se importando muito com a clientela. “O cliente pode imaginar que se os donos não se importam com o próprio negócio, também não ligam muito para os consumidores”, lembra Marina.

 

A arquiteta destaca que os principais critérios levados em conta na escolha de móveis residenciais para decoração comercial são a qualidade e a durabilidade das peças. Atualmente, é possível conseguir esse tipo de móvel tanto em lojas quanto em antiquários, ou mesmo mandar fazer sob medida, o que tende a garantir um acabamento diferenciado.

 

Outra opção muito interessante é utilizar um móvel de casa, com história, na loja, adicionando a decoração uma peça afetiva. Muitos comerciantes têm optado por fazer isso não só para decorar a loja, como também para despertar a atenção dos clientes.

 

“Pequenos negócios que começaram em um quartinho dentro de casa, ou até mesmo em uma garagem podem contar um pouco da história da empresa”, conta Marina. “Isso pode despertar a curiosidade e, muitas vezes, a afeição dos consumidores pela marca”, adiciona a arquiteta.

 

Móveis residenciais também são opções interessantes para criar ambientações para os produtos, inclusive em vitrines. Marina lembra que este tipo de mobiliário também cria espaços extras para armazenamento de produtos, o que é sempre muito bom.

 

A arquiteta finaliza comentando que usar móveis residenciais na decoração comercial podem fazer com os clientes se sintam mais em casa, o que tende a ser um atrativo a mais para qualquer loja. “Deixar o cliente a vontade é certamente uma forma de gerar vendas mais eficientes. E quando a utilização de mobiliários residenciais ajuda nisso, vale a pena investir neles”.

 

Arquiteta explica como usar móveis residenciais na decoração comercial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *